Português Italian English Spanish

|Festivais| Festival de Gramado anuncia seleção oficial de sua 50° edição

|Festivais| Festival de Gramado anuncia seleção oficial de sua 50° edição


Mais tradicional festival de cinema da América Latina, o evento acontece entre os dias 12 e 20 de agosto.

 

A espera acabou. Na manhã desta sexta-feira, 08 de julho, a organização do Festival de Cinema de Gramado anunciou os filmes que irão compor as mostras competitivas de sua 50ª edição. Dos mais de mil títulos inscritos, as curadorias e comissões de seleção escolheram sete Longas-Metragens Brasileiros, sete Longas-Metragens Estrangeiros, cinco Longas-Metragens Gaúchos, 14 Curtas-Metragens Brasileiros e 17 Curtas-Metragens Gaúchos (lista completa aqui).

Dos 50 filmes anunciados, a diversidade e o ineditismo permeiam todas as produções. Dentre os destaques nacionais, filmes de todas as regiões do Brasil e que abordam questões pertinentes ao período político e social do país. Os curtas brasileiros apresentam um feito inédito: metade dos filmes selecionados terão Gramado como sua primeira tela de exibição. A diversidade está também na seleção estrangeira, que, neste ano, conta com filmes da América do Sul, do Norte e Europa, produções reconhecidas em outros festivais pelo mundo e que ganham projeção nacional a partir de Gramado.

Os filmes serão exibidos presencialmente em Gramado, entre os dias 12 e 19 de agosto, no tradicional Palácio dos Festivais que, este ano, volta a receber realizadores, elenco e público. Na noite do dia 20 de agosto, serão revelados os vencedores dos Kikitos. Ao total, serão entregues 49 kikitos e 11 Troféus Assembleia Legislativa, além das tradicionais homenagens com os Troféus Oscarito, Eduardo Abelin, Kikito de Cristal e Cidade de Gramado. Em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (Sedac),por meio do Instituto Estadual de Cinema (Iecine),o Festival de Gramado entregará, ainda, três Prêmios Gramado 50 anos e o Troféu Leonardo Machado.

Durante o encontro com os jornalistas, a secretária de Turismo de Gramado e presidente da Gramadotur, Rosa Helena Volk, enfatizou que o mais importante desta edição de número 50 é a celebração, pois “o festival colocou Gramado no mapa do Brasil, tanto da cultura como do audiovisual”. Também, trazer a coletiva de imprensa mostra “o quanto a cidade e o festival tem um DNA próximo”.

Marcos Santuario, curador do festival, destacou o quanto a “curadoria está feliz pela potência dos filmes que se apresentaram, mostrando a diversidade e a força criativa presente na produção brasileira e ibero-americana”.

Uma história que, há 50 anos, faz parte da gramática do cinema brasileiro

Em 1973, Gramado uniu sua vocação turística ao audiovisual. Ali surgia um evento com o DNA da inovação e que ditaria os rumos da produção cinematográfica brasileira pelas próximas décadas. O Festival de Cinema de Gramado chega a seu cinquentenário com fôlego, mantendo a tradição de ser o mais antigo festival de cinema ininterrupto do Brasil e carregando em sua história as marcas da transformação.

Quando comemora 50 anos de existência, Gramado relembra também três décadas de sua internacionalização. Em 1992, quando o evento se tornou ibero-americano, o cineasta espanhol Pedro Almodóvar recebeu o primeiro Kikito entregue a um filme de língua não portuguesa. Nesses 30 anos, alguns dos maiores nomes do setor passaram por Gramado, que abriu vitrine nacional para produções de fora.

A edição de número 50 marca, ainda, o retorno “ao presencial”. Após dois anos em formato remoto, Gramado volta a reunir realizadores, produtores, elenco, público e imprensa em uma grande ode ao fazer cinematográfico. Sucedendo edições marcadas pelo pioneirismo e pela devoção à sétima arte, é hora do Festival de Gramado estender novamente seu tapete vermelho.

Educavídeo

Como já é tradição, a noite que antecede a abertura do Festival de Cinema de Gramado é dedicada aos trabalhos do Programa Municipal Escola de Cinema, o Educavídeo. A iniciativa, que está em seu 12º ano, estimula a realização audiovisual aos alunos da rede municipal. No dia 11 de agosto, os curtas-metragens realizados pelos estudantes serão exibidos no Palácio dos Festivais em uma premiere que prestigia o potencial criativo dos jovens realizadores.

Longas-Metragens Documentais e homenagens serão divulgadas em evento no Rio de Janeiro

Na próxima terça-feira, 12, faltando um mês para o começo do evento, o Festival de Cinema de Gramado levará um pouco do charme da Serra Gaúcha ao Rio de Janeiro, onde serão anunciados os homenageados com os troféus Oscarito e Kikito de Cristal e os Longas-Metragens Documentais selecionados. O encontro vai reunir organização, curadoria, entidades, realizadores e imprensa.

A nova mostra de documentários brasileiros é uma das novidades do evento para seu cinquentenário. Aliando o retorno ao formato presencial com as inovações advindas da pandemia, os selecionados terão uma janela de exibição diferenciada: os cinco filmes serão veiculados pelo Canal Brasil, dentro da programação do Festival de Gramado, e disponibilizados no Globoplay durante o evento.
Escolhido pelo júri, o vencedor será, ainda, exibido no Palácio dos Festivais como filme de encerramento da edição.